Nota de Repúdio ao Presidente da República Jair Bolsonaro

Nota de Repúdio ao Presidente da República Jair Bolsonaro

Compartilhamos o repúdio de todos da enfermagem com relação ao comentário do presidente da república Jair Bolsonaro. Abaixo compartilhamos nota do Sindicato dos Enfermeiros no Estado de Pernambuco em relação ao fato.

 

“O Sindicato dos Enfermeiros no Estado de Pernambuco – SEEPE repudia o infeliz comentário do atual presidente Jair Bolsonaro que afirmou, a respeito dos médicos que não passarem no exame Revalida que devam trabalhar como enfermeiros.
Bolsonaro desqualifica a nossa nobre profissão, tão essencial quanto todas as demais, e reforça uma visão equivocada, preconceituosa, ignorante e deturpada de que os enfermeiros são “profissionais que não estudaram o suficiente para serem médicos”. Trata-se de um flagrante desrespeito com profissionais que estudaram e se dedicaram por muitos anos para prestar um serviço essencial à saúde. Além de demonstrar sua ignorância a respeito das funções desempenhadas por médicos(as) e enfermeiros(as), o presidente defende a perpetuação de um distanciamento entre os salários dessas duas categorias, distância essa que tanto lutamos para encurtar com a valorização da nossa mão de obra.
O preconceito de Bolsonaro é apenas mais um dos muitos que já expressou desde antes de assumir a Presidência da República. A enfermagem, além de uma nobre profissão, é uma ciência, com características próprias e de fundamental importância para a saúde. Envolve conhecimentos técnicos e científicos sobre o cuidado individual e coletivo, a prevenção de doenças, a promoção à saúde e o gerenciamento de equipe e de unidades de saúde, seja no ambiente hospitalar, da atenção básica e da gestão pública ou privada.
Hoje, a enfermagem conquista cada vez mais espaço e avança no domínio profissional. Buscamos incessantemente a valorização profissional. Infelizmente, apesar do longo internamento hospitalar a que precisou ser submetido recentemente, onde recebeu toda a assistência e cuidado de enfermeiras e enfermeiros, Bolsonaro não percebeu a importância dessa categoria para o seu pronto reestabelecimento. Não é de se espantar, tendo em vista as inúmeras declarações em que mostrou seu despreparo político e humano, atacando constantemente indígenas, negros(as), mulheres e os mais pobres, além de defender abertamente o absurdo que foi a ditadura militar com todos os seus crimes como a tortura, assassinato de jovens, mulheres e trabalhadores e o desaparecimento dos seus cadáveres, impedindo familiares de lhes prestarem a última homenagem e um sepultamento digno.
O SEEPE reafirma seu posicionamento contrário às medidas que retiram os direitos dos trabalhadores e trabalhadoras com a mesma energia que repudia o desrespeito aos enfermeiros e enfermeiras de todo o país.”

0 Comentários

Deixar uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*