Criolipólise associada a Medicina Tradicional Chinesa

Criolipólise associada a Medicina Tradicional Chinesa

Por Sacha Gualberto

Enfermeira Acupunturista

 

Na China Antiga há 5.000 anos os chineses acreditavam que a saúde não era apenas a ausência de alguma doença, mas sim o equilíbrio harmônico de todos os órgãos internos. Diferente da Medicina Tradicional Chinesa, a Medicina Ocidental sempre focou em tratar sintomas específicos, frequentemente sem direcionar-se à causa principal. Porém a atenção ao paciente evoluiu e tem sido aperfeiçoada através dos séculos e atualmente a forma holística de tratar o indivíduo vem ganhando espaço na cultura Ocidental sendo aplicada nas várias áreas da saúde e por diversos profissionais.

Os médicos Chineses além da Acupuntura também tratam seus pacientes com fitoterapia, dietoterapia, massagem e indicação da prática regular de atividade física, indicando que corpo e mente devem estar saudáveis interna e externamente. Normalmente a Acupuntura é muito procurada pela busca do equilíbrio e para o tratamento convencional de dores físicas e psíquicas, mas com a valorização do corpo bonito e ainda, saudável, a Acupuntura também vem sendo muito procurada para estética.

Para a Medicina Tradicional Chinesa (MTC), o acúmulo de gordura pode ocorrer em qualquer idade, sendo mais comum em mulheres, tendo como principal causa a desarmonia dos Zang Fu (órgãos/vísceras) e esse acúmulo é classificado de acordo com os padrões de excesso ou deficiência.

Do ponto de vista da Medicina Ocidental, há dois tipos de gordura localizada, a Ginóide, em que o acúmulo é mais comum em mulheres, onde a gordura se acumula principalmente na região inferior do corpo, como membros inferiores e glúteos. E a Androide em que o acúmulo de gordura se situa principalmente na parte superior do corpo, em especial na região abdominal. A gordura do tipo androide está relacionada com várias patologias, como diabetes do tipo 2, hipertensão arterial, dislipidemias e doenças cardiovasculares.

Foi estudando a cultura da Medicina Tradicional Chinesa e a Alta Tecnologia Estética Ocidental que busquei associa-las para ter resultados que não sejam apenas específicos como “acabar com uma gordurinha localizada”, mas que também trate internamente o paciente que busca somente a Estética.

O estudo de caso apresentado a seguir consiste na associação da Técnica Ocidental de Congelamento da Gordura localizada, a Criolipólise com as Técnicas da Medicina Tradicional Chinesa: Eletroacupuntura e Ventosaterapia.

A Criolipólise foi criada em 2005 pela Zeltiq Aesthetics, Inc. (Pleasanton, CA) e caracteriza-se pelo “congelamento” localizado do tecido adiposo subcutâneo de forma não invasiva, com temperaturas em torno de -5 a -15 ºC, causando uma paniculite fria – inflamação da camada de gordura localizada e provocando morte dos adipócitos, células que armazenam gordura, por apoptose.

A Eletroacupuntura associa a Acupuntura com a eletroterapia, ou seja, utiliza a inserção das agulhas como meio de passagem de corrente elétrica. Na estética corporal é utilizada com o objetivo de provocar a apoptose dos adipócitos, melhorar o tônus muscular, reduzir as celulites, estrias e queloides.

A Ventosaterapia é uma técnica muito utilizada na Acupuntura Estética, quando aplicada na superfície da pele produz uma pressão interna através da sucção, liberando, então, a estagnação de Qi (energia) e Xue (sangue) nos meridianos que correspondem o local da aplicação. (FERNANDES, 2008).

A paciente do estudo em questão foi submetida a 1 sessão de Criolipólise no Abdômen mais 4 sessões de Ventosaterapia e 4 sessões de Eletroacupuntura.

  • Dados da Paciente:

A.F.G., 28 anos, refere pouca ingesta hídrica, micção diminuída e constipação. Pratica atividades físicas sem regularidade. Se alimenta 2x no dia em muita quantidade.

MEDIDAS ANTES DA PRIMEIRA SESSÃO:

  • Circunferência Umbilical: 75 cm
  • Circunferência da Cintura: 83 cm
  • Circunferência Abdominal Inferior: 85 cm
  • Altura: 1,54 cm
  • Peso: 58 kg

 

As sessões foram realizadas uma vez por semana, da seguinte forma:

  • 1ª sessão: Criolipólise

Foi realizado 50 minutos de resfriamento local (abdômen), na temperatura de -5ºC.

  • 2ª sessão: Ventosaterapia – após 7 dias da sessão de Criolipólise

Foi realizada a técnica da Ventosaterapia Deslizante por 30 minutos nos seguintes sentidos: latero – medial (dos flancos para o umbigo); horário em caracol (em volta do umbigo); vertical – abaixo dos seios até a virilha (em toda a extensão abdominal).

 

  • 3ª sessão: Eletroacupuntura Lipolítica – após 7 dias da sessão de Ventosaterapia

Foram punturados 10 pontos, escolhidos segundo indicação clínica e localização na região abdominal, pertencentes aos meridianos do Estômago, Baço Pâncreas e Vaso Concepção, 8 pontos foram ligados aos cabos do Eletro: E24, E25, E26, BP15 BLILATERAIS e os outros 2 pontos punturados sem ligação com eletros foram: VC12 e VC3.  O Eletro SDZ a frequência de 40Hz, com onda mista/ D-D WAVE por 30 minutos.

A sessões subsequente foram realizadas com intervalos de 7 dias e intercaladas entre Ventosaterapia e Eletroacupuntura até concluir as 8 sessões de pós Criolipólise.

 

Os resultados ao final das 8 sessões de pós Criolipólise foram muito satisfatórios. A paciente apresentou perda de peso, redução de medidas e aumento da autoestima.

MEDIDAS FINAIS:

  • Circunferência Umbilical: 72 cm
  • Circunferência da Cintura: 77 cm
  • Circunferência Abdominal Inferior: 81 cm
  • Altura: 1,54 cm
  • Peso: 54,800 kg

No peso, em quilogramas, a paciente obteve perda de 3,200 kg, na circunferência umbilical a perda foi de 3 cm, na circunferência da cintura perdeu-se 6 cm e na circunferência abdominal inferior a perda foi de 4 cm.

O tratamento teve duração total de 9 semanas, durante esse período a paciente foi estimulada a praticar atividade física regular, se alimentar de forma saudável e aumentar sua ingesta hídrica.

FOTO COMPARATIVA:

criolipólise MTC

 

Através das mensurações das circunferências abdominais percebe-se que a paciente teve perda significativa das medidas em um curto espaço de tempo, além de ter diminuído também seu peso em quilogramas.

Conclui que a Criolipólise isolada apresenta resultados apenas estéticos ao final de 3 meses aproximadamente, mas quando associada a Ventosaterapia e Eletroacupuntura os resultados são mais eficazes e mais rápidos o que gera maior satisfação ao paciente. Outro ponto muito positivo dessa associação são os benefícios que a Acupuntura promove no paciente. Com a estimulação dos pontos escolhidos nas sessões de eletroacupuntura, valendo-se de suas funções energéticas obteve-se melhora do funcionamento intestinal, aumento da micção e maior saciedade na hora das refeições.

Enquanto fazemos apenas uma sessão de Criolipólise isolada e só encontramos com paciente após 3 meses para avaliar os resultados, na Crio Associada a MTC (CRIOLIPÓLISE ASSOCIADA A MEDICINA TRADICIONAL CHINESA) a frequência de encontrar o paciente 1 vez por semana promove um melhor acompanhamento dos resultados, além de conseguirmos maior intimidade com mesmo.

A cada sessão o estímulo a mudança de hábitos se fez presente, reforçando sempre que a paciente aumentasse a ingesta hídrica, praticasse atividades físicas regulares, fracionasse sua dieta e escolhesse alimentos mais naturais para consumo diário.

0 Comentários

Deixar uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*